segunda-feira, 17 de maio de 2010

Único.


Único. Palavra tão bonita, tão sincera, e tão significativa. Pena que alguns não sabem reconhecer o valor que isso tem, e nem como ser. Primeiramente, você pode ser único e exclusivo em varias coisas. Pode ser único ao fazer certas coisas, e único pra um só alguém, ou talvez na vida de alguém. Único em fazer algo que quase todos desconhecem, em ter um jeito que quase ninguém sabe ter. Em gostar de coisas que quase todos criticam, em ser considerado o melhor. Em ser principalmente aquele que todos consideram o diferente, seja nas atitudes, quanto na forma de pensar, e na sua própria maturidade. Porque ninguém sabe, o quão difícil é, se destacar, e ser também aquele amigo, que todos podem contar, a toda hora, a todo minuto, considerado o ''porto seguro'' de todos e de manter sempre a mesma personalidade, mesma maturidade, mesma amizade, mesmo jeito, mesma maneira de ser. E principalmente, ser tudo isso, e no final , ainda continuar sendo sempre quem é. É também fazer a diferença. E embora não haja nenhum reconhecimento, você vai saber que valeu a pena ser tudo isso. Mas.. depois me perguntaria, o que realmente seria o ''único''? Seria por fazer tudo isso ou simplesmente único por já existir?

2 comentários:

ronald disse...

gostei, meu preferido ;D

Camilla disse...

adoro fotos assim .. :D